Jerash e as ruínas greco-romanas

13 comments

 Jerash é o segundo destino mais procurado da Jordânia e está no norte do país, distante 50 km da capital Amã. Uma relíquia dos tempos antigos que merece ser visitada!
Jerash foi uma das 10 cidades romanas que pertenciam à Liga Decapolis - uma série de aglomerações urbanas da província romana da Síria. Jerash, na época conhecida como Gerasa, era controlada pela Grécia e foi conquistada pelos romanos no ano 63 a.C, quando seu comércio floreou, atingindo seu apogeu econômico. Os imperadores Trajano e Adriano foram os principais responsáveis por erguer as mais belas  construções da cidade e hoje suas ruínas Greco-romanas representam um dos exemplares melhor preservados do mundo.

 Embora no século VII tenham sofrido um rápido declínio em razão da invasão dos Persas, Jerash continuou seu desenvolvimento durante o período Omíada – já na mão dos árabes. Durante as cruzadas, transformou-se em um poderoso forte e posteriormente foi praticamente destruída por terremotos. Ao longo dos anos foi perdendo seu status, até ficar encoberta pelas areias dos desertos vizinhos.

 No século XX foi redescoberta culturalmente e vem passando por restaurações nos últimos 70 anos, revelando o magnífico exemplar do urbanismo romano provinciano, com a cidade disposta ao longo da Cardo Máximo (avenida principal) e sua coleção de colunas em estilo jônico, templos no alto da colina, anfiteatros, fórum, além de áreas públicas como praças, banhos, fontes completam a beleza da cidade, circundada por muralhas, torres e portões. Há ainda o hipódromo, onde são apresentadas diariamente as corridas de cavalo como eram antigamente.
Jerash pode ser conhecida num passeio bate-e-volta desde Amã ou do Mar Morto. Basta combinar com um taxista, dentre eles sugiro o amistoso Sabbah (info@taxi-services.org  00962 79 5532753), o qual sempre nos recebe quando vamos à Jordânia. O passeio custa em torno de 90 JD/ carro e a entrada para o parque não é mais que 10 JD/ pax.
Veja todas as dicas de viagem para a Jordânia
Aproveite para conciliar sua viagem com outros países e desbravar também estas jóias do Oriente Médio e redondezas:

13 comentários:

Milton disse...

Mais um lugar sensacional! Parabéns e obrigado por nos brindar com essas informações e fotografias!
Bjs,
;-)

Angela disse...

Olá Fê, que lugar maravilhoso, de uma cultura tao diferente.
Lindas fotos e texto. Espero um dia conhecer estas ruínas.
Gostariam de fazer um convite à vc: sábado farei a divulgaçao de meu 1° Guia de Viagens que foi editado aqui na Alemanha, lá no meu site. Seria um prazer ter vc por lá para prestigiar.
Parabéns pelo sempre belos lugares que vc nos mostra.
Beijos e um ótimo final de semana.

Claudia Liechavicius disse...

Oi Fê!
Cada vez que vejo esses posts da Jordânia fico babando. Que máximo Jerash. Adoro essas cidades onde cada pedra tem uma história.
Passa lá no blog. Tenho sentido sua falta.
Beijinho
Claudia

Fê Costta disse...

Olá Milton!

Obrigada pela visita!!

Abs,

Fê Costta disse...

Olá Angela!!

Será um prazer!!! Vou passar sábado lá no blog para ver o Guia.

Bjos

Fê Costta disse...

Claudia querida,

Quando for a Jordania, please, faça a conexão em Dubai!! Temos que colocar os papos de viagem em dia! Ando sumida na blogsfera, sem tempo para nada! rsrs

Bjks

Brenda Tavares disse...

Fe, realmente Gregos e Romanos deixaram as suas marcas né, as cidades sao tao parecidas, estejam elas na em Jerash ou Pompeia. Oh mundo interessante!!

Bjo! Bom final de semana!

Viagens a Dois disse...

Este é um dos lugares que queremos muito visitar.
Obrigado pelas excelentes foto-reportagens que partilha connosco ;)

Fê Costta disse...

Brenda, vc falou uma das minhas fraquezas: sou doida para conhecer Pompéia e ver de perto o calchi!! Deve ser incrível!

Bjks

Fê Costta disse...

Olá Casal!

Obrigada pela visita! A Jordânia é sem dúvida um interessante destino para uma viagem à dois, sobretudo, se conciliada com o Mar Vermelho.

Lucas Cavalheiro Bueno disse...

Fê! E outra coisa, eu precisava pegar umas dicas de como montar um histórico organizado como o teu! Cade o HTML?? Hehehe

Lucas Cavalheiro Bueno disse...

Me adiciona no Facebook! Caso eu não te ache lá, vou procurar agora! Hehehe

Lucas Cavalheiro Bueno

Tá o link no blog: www.viajandocomolucas.blogspot.com

Fê Costta disse...

EI Lucas!!

O índice é do blogspot. Vc tem que ir em design, adicionar gadget, lista de links. Aí vc ordena do jeito que quiser. No meu caso, adicionei vários gadgets, um para cada país.

Vou te add.

Bjs

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...